Orientação Profissional

Orientação Profissional


31/08/2012

Flávia Maria Feroldi Ferreira: Psicóloga e Mestre em Educação

Em diversos momentos da vida temos escolhas a fazer, das mais simples as mais complexas. Desde qual caminho possamos tomar para ir a determinado lugar, até escolhas mais difíceis e elaboradas, como a escolha da profissão. Quando nos deparamos diante dessas situações recorremos a amigos, familiares ou psicólogos em busca de uma ajuda que possa nos auxiliar nessas escolhas.  

Dessa forma, escolher uma profissão significa fazer um projeto para o futuro, é um momento de decisão, de quem se pretende ser, o que se pretende fazer, e que mundo gostaria de construir. A escolha profissional faz parte do projeto de vida de uma pessoa, que neste momento se encontra envolvido por sentimentos de inquietações e dúvidas.

Todavia cabe ressaltar que vários fatores incidem neste momento de escolha, ou seja, o contexto social, econômico e político, assim como os parâmetros da sociedade capitalista que incentivam a competição individual para o ingresso na universidade e no mercado de trabalho.

Diante dessas circunstâncias a Orientação Profissional busca atuar como coadjuvante e catalisadora do processo individual de escolha profissional, oferecendo aos jovens estratégias que possibilitem a mobilização dos recursos internos e externos necessários para a tomada de uma decisão emocional e intelectualmente bem ancorada, buscando ir além dos limites impostos pelas condições sociais.

Portanto, o desafio que a Orientação Profissional propõe é, inicialmente, o autoconhecimento (elemento essencial diante de uma escolha bem elaborada e concreta). Em seguida possibilita a reflexão e a elucidação do processo de decisão, ou seja, o reconhecimento deste fato como não sendo determinante, mas sim um processo em que o jovem se reconhece em uma tomada de consciência dos seus desejos e anseios. Por fim, a Orientação Profissional aborda os aspectos do mundo do trabalho, trazendo para a discussão as profissões, os cursos e áreas acadêmicas.

Nesse sentido o processo de escolha profissional acontece de forma clara e contextualizada, problematizando os aspetos psíquicos, sociais, econômicos e culturais, auxiliando os jovens neste momento tão importante de suas vidas, acontecendo apartirdediferentespráticasprofissionaiseemdiferenteslugares,sobretudonaáreada educação. 

comments powered by Disqus